FANDOM


"Saindo fumaça do número 10!"
-Brent Mustangburger em Carros 2.

Rip Clutchgoneski e um corredor do Grand Prix Mundial.

Sobre Editar

A ex-colônia europeia e recém-independente República da Nova Rearendia, está desesperada para colocar seu nome no mapa, o piloto número 10 de rodas abertas, Rip Clutchgoneski é a sua melhor aposta. Depois de reunir uma sequência notável de corridas de qualificação, a entrada de Rip para o Grand Prix Mundial é claramente a história de Cinderela da competição. Embora Rip credite à sorte sua chance no cenário internacional, é realmente habilidade e exuberância que trouxe o orgulhoso corredor Neo-Rearendense para a linha de partida.

Carros 2 Editar

Em Carros 2, Rip Clutchgoneski participou em todas as três corridas do Grand Prix Mundial, assim como no Grand Prix de Radiator Springs. Por causa de sua origem modesta de um país desconhecido e de sua falta de títulos, Rip pode ser considerado o novato da competição.  A primeira corrida, em Tóquio, foi o melhor desempenho de Rip. Ele começou a partir da quinta posição na parte de trás (os melhores pilotos começaram na parte de trás nesta corrida). Embora na primeira parte da corrida ele foi visto em ultimo, ele ganhou posições após a seção de terra. Ele finalmente alcançou a terceira posição atrás Relâmpago McQueenFrancesco Bernoulli, mas, em seguida, teve seu motor explodido pelos tranqueiras e foi forçado a abandonar a competição, que ele era um dos três carros que explodiu durante a corrida. Nas seguintes corridas ele ficou perto ou na última posição. Rip foi consertado após a corrida em Tóquio, e começou na 9ª posição na corrida de Porto Corsa na frente de Jeff Gorvette e Lewis Hamilton. Ele era um dos últimos pilotos a bater no enorme acidente, ao mesmo tempo que Raoul Ligerrô. Na corrida de Londres, Rip foi visto na última posição. Quando a corrida começa no Grand Prix de Radiator Springs, Rip foi muito rápido e começou na 5ª posição. Ele foi visto em torno da 4ª ou 7ª posição.

Pintura Editar

Rip e pintado nas cores da bandeira da Nova Rearendia, verde, laranja e vermelho.

Modelo Editar

Rip é um Fórmula 6000 Racer de 2005, com uma velocidade máxima de 199 mph (320 km/h) vai de 0-60 em 3,1 segundos. Seu motor é um 3.5 DOHC V-8, com 650 cavalos-vapor.

A primeira arte mostra um trabalho de pintura ligeiramente diferente do final. Como as tampas de roda pretas que combinam com o Hulme CanAm do qual ele é inspirado

O projeto de Rip é uma reminiscência de carros de produção parecidos com os da Fórmula 1, como o Caparo T1. No entanto, ele se assemelha ao pouco conhecido supercarro neo-zelandês Hulme CanAm, ele que ele carrega elementos característicos muito parecidos com os de Rip. Os desenvolvedores da Hulme teriam visto isso em uma luz desfavorável e acharam Rip tão semelhante ao seu carro que consideraram fazer uma ação legal contra a Disney. No entanto, Rip se difere do Hulme CanAm por vários elementos de design (Como cockpit de F1, traseira diferente, aberturas laterais), e alguns dos elementos derivados do Caparo T1 podem ser vistos. Rip tem a cor alaranjada característica da Hulme (embora o Caparo seja apresentado frequentemente em laranja), e além disso, as primeiras artes revelam que ele tinha tampas de rodas pretas, exatamente como o carro de Hulme.

Ocupação Editar

Rip e um recém-famoso carro de corrida, sua cidade natal e Wheeli.

Curiosidades Editar

  • De acordo com o livro 'Meet the Cars', Rip é um Fórmula 6000 Racer de 2005, mas o seu design é inspirado no Caparo T1.
  • Rip é o único piloto que compete por um país fictício.
  • De acordo com o livro 'A Enciclopédia de Carros', Rip iria morrer durante a primeira corrida do Grand Prix Mundial, daí o seu nome, Rip (rest in peace - descanse em paz em inglês) Clutchgoneski (Clutch gone in the ski - Clutch vai para o céu em inglês). No entanto, seu destino foi alterado, e ele só sofreu um motor explodido e foi capaz de continuar correndo.
  • Por razões desconhecidas, as insígnias do Rip mostram a bandeira do seu país com cores invertidas.
  • Rip e o único corredor do Grand Prix Mundial que não tem um vídeo na plataforma giratória, e ele assim como Lewis Hamilton não aparece em Carros 2: O Vídeo Game.
  • Apesar dele ser o novato da competição, Rip é realmente muito rápido: Ele estava em quinto lugar na primeira parte da corrida de Tóquio, e na segunda parte, ele estava em terceiro até que ele foi atingido pelo gerador de pulso. Na Itália, ele estava em 10º lugar, atrás de Jeff Gorvette e Lewis Hamilton. Então, ele passou por eles, junto com Raoul Ligerrô. Então, depois que Shu Todoroki colidiu com Miguel Camino e Max Schnell, ele estava em nono lugar. Em Londres, ele estava na última posição. Apesar disso, ele estava entre o 4º e o 7º lugar em Radiator Springs.
  • O chefe de equipe de Rip Clutchgoneski e Brian Gearlooski, no entanto Brian não aparece no filme.